Ensaio de Casal Pato Branco - Pr

Jocemar + Douglas

"Aliás não e nada, só amor. Amor dos bons, daqueles que são únicos e maravilhosos, que acontecem poucas vezes na vida das pessoas. Que alma consegue atravessar a vida sem ter conhecido o amor e quem sabe, ter a sorte de ser correspondido?

Que vida vale a pena sem amor?

Nenhum sentimento é mais lindo profundo e transformador que o amor.

Só amor transcende e purifica, enlouquece e cura, invade, permanece, liberta e aprisiona.


Não compliquem e nem elaborem o sentimento mais incrível e poderoso de todos..."


Esse texto que a Carolina Ferraz declama com muita maestria, sempre me tocou intensamente e de uma maneira diferente cada vez que o lia; E ai, enquanto eu fazia esse ensaio ele me cutucou aqui dentro: "Não compliquem e nem elaborem o sentimento mais incrível e poderoso de todos: o amor!"

O amor, da sua forma pura e sincera. Sem complicações, distinções de gênero, idade, distância e qualquer outra coisa que você queira achar para não amar. Amar é mesmo um sentimento que nos transcende, e nesse momento estou falando do meu amor sobre fotografar. Ele me transformou e me libertou, como também me aprisionou nesse mundo que eu não quero que nunca mais ele me solte. O amor me deu a liberdade de ficar presa no que de mais lindo existem: registrar os outros amores. Deu pra entender?
Não importa, eu entendo.

O Joce e o Douglas também entendem. 

Eles entendem tão bem o amor que dá pra ver no brilho dos olhos do Joce, e no toque cheio de carinho do Douglas.

Não preciso dizer mais nada, as imagens falam por si. É só abrir seu coração!